Ilusório

Caminha ao meu lado
Se quiseres.
Olha para mim que eu olho para ti
E tocamo-nos assim.

Não tenhas pressa
Se te atrasares, eu espero por ti
Tocamo-nos assim
Eu sem te tocar
E tu, sem me tocares a mim

Mas não te esqueças de olhar
Não te afastes, nem me puxes para ti.


Não me afastes de mim
Porque eu não me esqueço de olhar
Nem me esqueço de mim
E não vou por aí.

Caminha ao meu lado
Se quiseres
Que eu caminho ao teu lado
Se quiseres.
Olha por mim
Que eu olho por ti
E tocamo-nos assim.

1 comentário:

Suzete Brainer disse...

Oi Nuno,

"Caminha ao meu lado

Se quiseres.

Olha para mim que olho para ti

E tocamo-nos assim."

Ao toque melódico e belo da vida...

O sentir...

Estava saudosa de ler-te,que

bom a tua música poética de volta!!

Beijo.